Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Não me canso disto

16.08.22

Viagem no Tempo

Anita
  No sábado, fomos a Santa Maria da Feira. A vontade de voltar à Feria Medieval era muita. Chegámos cedo para evitar os congestionamentos. Almoçámos lá e demos uma volta. Este ano achei que o preço de entrada aumentou e a qualidade diminuiu. Não vi cavaleiros, não vi árabes (figuras que costumam existir). Poucos ou quase nenhuns figurantes deambulavam pelo recinto. Tive a sensação que paguei para entrar num evento onde fui ver barraquinhas e comer. Os espectáculos grátis (...)
13.08.19

Terras de Santa Maria

Anita
  Uma viagem a Terras de Santa Maria fizemos no fim-de-semana. Eu sentia-me um pouco abatida, mas não quis adiar a ida, visto que tínhamos combinado à muito esta visita. Não sei se por termos ido o ano passado e ter sido muito bom (apanhámos bons espectáculos), se por estar um pouco em baixo, este ano não gostei muito. Quase nem tirei fotografias. Sinto que não há alterações, nem melhorias: a configuração do espaço é sempre a mesma. A zona de comes e bebes aumentou. Mas (...)
14.08.18

O guardião da casa

Anita
Após um dia em Santa Maria da Feira, a imaginação está a funcionar.     Temos um guardião da família cá em casa.  Com a sua lança protege-nos dos inimigos (sejam eles quais forem!)  
13.08.18

Por Terras de Santa Maria

Anita
  Ontem, fomos à Feira Medieval de Santa Maria da Feira.     Chegámos cedo, para aproveitarmos o máximo o dia. Ficámos até à noite. Só foi pena terminarmos debaixo de chuva, senão teríamos ficado mesmo até ao fim.            Vimos espetáculos vários espetáculos dedicados a D. Pedro e a D. Inês. Uns mais sérios ou mais engraçados, todos tinham um fundamento histórico. Ali não se vai só para ver, mas também para aprender. Os príncipes sabem o que (...)
09.08.15

Por terras de Santa Maria

Anita
Feira Medieval de Santa Maria da Feira é visita anual obrigatória. Este ano fugimos às enchentes e confusões, fomos a uma boa hora no sábado.  O Afonso quis um arco e flechas, e foi a sua brincadeira toda a tarde: D. Afonso de Santa Maria, atirador exímio de flechas, à conquista das terras com o seu nome.  (...)