Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Prendinhas boas

28.12.20, Anita
Há uns tempos, dei conta que não tinha uma chávena linda e perfeita para o chá. Canecas não me falta, mas chávenas para o chá... nada de especial. Tinha decidido, quando tivesse oportunidade de sair de casa comprar uma. Vi umas na Loja do Gato Preto e fui namorando, mas nunca comprei. O meu marido não as achava nada bonitas. Fui adiando a compra. Mas no Natal, como sabia que eu as adorava, ofereceu-me não uma, mas duas: uma de chá e uma da café. Lindas       

Vai um cházinho?

16.06.20, Anita
Decidi, na falta de café, manter sempre uma chaleirinha com chá. Assim quando me apetece beber alguma coisa diferente, é só me servir. Ontem, fiz a primeira chaleira. O Mini quis experimentar. Deve ser o único príncipe que gosta de chá.    

Outono começa a dar sinal

19.10.18, Anita
Começa o outono começam as amigdalites, as gastroenterites, as faringites, e outras coisas acabadas em "ites". O primeiro a ter sinais da outonite foi o Mini. Acordou de manhã, na 4ª-feira, queixoso de dores de barriga. Quase não comeu! Mesmo assim levei-o para a escola. Ainda de manhã ligaram-me que estava a vomitar. Dia e meio de molho. Não fez febre, só vomitou. Mas, quando se está mal da barriga o que se bebe? Café verde (...)

Sai um café verde!

05.06.18, Anita
  O Mini anda à uns dias a queixar-se de dores de barriga. Hoje, quando chegou à cozinha, pediu um "café verde", para lhe passar as dores da barriguinha. Lá tive que aceder e lhe fazer um chá.  Bebeu-o com calma, mas foi todo. No fim disse que já estava melhor.  

Coisas deles #57#

27.05.16, Anita
Em casa, os príncipes mais velhos ajudam a arrumar as compras. Geralmente são eles que tratam dessa função. Os produtos de higiene pessoal colocamos nas escadas e quem subir, pega neles e arruma nas respetivas casas-de-banho. Esta semana, olho para as escadas e estava lá uma Embalagem de chá, que tinha comprado. Achei estranho e perguntei quem tinha posto ali o chá. O Tiago disse que tinha sido ele, pois pensava, que se tratava, " - ... daquelas coisas que tu usas!" (vulgo: pensos (...)