Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Gestão Familiar

04.10.20, Anita

Mudança de estação é sinónimo de mudanças de roupa.

Com 7 pessoas em casa, uma casa que não estica, é muito importante gerir bem a roupa de todos.

Geralmente divido esta mudança por fases, senão demoraria 2 dias ou mais seguidos. Assim por fases parece mais fácil.

Começo sempre pela roupa dos príncipes mais novos. Depois passo para a roupa dos príncipes mais velhos. E por mim a minha e do maridão.

Relativamente à roupa dos mais novos tento perceber o que serve e não serve.

O que vou guardar para a próxima estação tento perceber se está em bom estado, se foi usado e se tem possibilidades de servir no próximo ano. O que já não está em bom estado, porque ou tem manchas ou está demasiado usado, deito fora. Se não serve para mim, porque está estragado, também não serve para outros. O que por algum motivo deixou de ser usado, coloco num saco para dar. As peças que já não servem ao Afonso e ainda estão em bom estado guardo para o Mini vestir mais tarde. 

Às vezes guardo roupa do Afonso para o Mini, que depois quando chega a altura do Mini vestir, aquele tipo de peça não lhe fica muito bem. Há sempre uma peça ou outra que vai embora.

A roupa que já não serve ao Mini ou dou a outras crianças que possam vir a usar, se conhecer alguém que precisa, ou deito nos contentores de roupa. 

Relativamente à roupa dos mais velhos o processo é um pouco diferente. Se já não estiver em condições deito ao lixo. Mas há roupa que eles deixaram de gostar, deixaram de usar. Nesse caso primeiro verifico se algum dos outros príncipes quer aquela peça. Há um mercado interno cá em casa de aquisição de roupa em 2ª mão. Caso ninguém queira, coloco num saco para deixar num contentor de roupa. 

A roupa dos mais velhos não guardo para os mais novos, porque mudam as alturas, mudam as coleções e os gostos. Os adolescentes já têm o seu próprio estilo, o seu gosto. Ao guardar peças dos mais velhos corro risco de os mais novos nunca as quererem vestir.

O importante neste processo é guardar o que vale a pena. O que suscita dúvida é dado. 

A casa não estica e o espaço para guardar roupas também não.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.