Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Um dia no Zoo

07.09.12, Anita
 
Fomos fazer uma visita ao Zoo da Maia. Este zoo encontra-se em obras de renovação, mas ainda assim ofereceu momentos bem agradáveis aos príncipes. Os príncipes mais velhos conhecem-no bem, mas o príncipe mais novo foi como se fosse a primeira vez a um zoo.
Começámos pela visita à Arca de Noé, onde tem cobras, lagartos, rãs, sapos, aranhas. Logo na entrada tem um aquário com tarântulas. Nós os 5 a apreciar as tarântulas e a chamar a atenção do príncipe mais novo, quando ele exclama todo feliz: "- Iiiiiiiiiiiii! (nós a pensar que ele falava das tarântulas) Que pau tão grande!". Pois! Parece que o pau (normalíssimo) chamou mais a sua atenção!
Seguiram-se os lagartos, as piranhas, os sapos, as rãs e as cobras. Bem, o príncipe mais novo estava numa excitação que só visto. Por mais que o mandássemos falar baixo (o espaço assim o exigia), berrava, dava gritinhos de satisfação e corria para o próximo aquário com o objectivo de ver mais e mais. Claro, que isto fez com que não víssemos os repteis com a atenção desejada.
Quanto às cobras e aos lagartos, o destemido que nunca tem medo de nada (o príncipe mais novo) nem se queria aproximar ou tocar nos vidros dos aquários. "- Eles comem.", dizia ele. E, se algum de nós o fizesse largava num berreiro stressante até nos afastarmos. Os gémeos inicialmente acharam que ele não queria que eles vissem, mas após lhes explicarmos o motivo, entenderam.
 



 
Além das cobras venenosas (que me surpreendem sempre), admirei (eu e todos) a tartaruga australiana com nariz de porco, como os príncipes disseram.
 
 
 
Após a Arca de Noé, visita ao jardim do Zoo. Primeiro as aves,...
Uma das aves, enquanto estava a tentar tirar uma foto a um grou, como me aproximei muito da rede, soprou-me em forma de aviso: "mais um passo e pico-te". Foi este ser imaculado, que o fez:
 

...e mais aves, os macacos, o porco espinho, ...




...e, a zebra. A zebra deve ser o animal favorito do príncipe mais novo. Não queria ver mais nada, só queria olhar para a zebra. Tentava falar com ela, mas a zebra estava empoderada e saltava, corria, relinchava (se é que áquele grito estranho, semi zurrar, ladrar, se pode chamar relinchar). Bem, isto ainda chamava mais a atenção do príncipe. Não queria abandonar a sua amiga zebra.
 


 
Após insistência continuámos a visita: galinhas, cabras, um pónei, os lémures...
Os lémures (animais mais fofos) estavam na hora da sesta. O príncipe mais novo olha para eles e diz: "- São Dibos..." (Dibo é o nome do nosso gato preto e branco). Realmente, pela forma que dormem parecem bem o nosso gato, pelagem parecida... pronto, são todos Dibos.
 

Já numa parte nova (ainda em obras) podémos ver, a avestruz, leões, e... mais zebras. E onde estava o príncipe mais novo? Ao pé das zebras.





Hora para uma pausa. Todos comer um gelado. O gelado é oferecido na compra do bilhete de entrada do zoo. Tínhamos a companhia de um macaco, no alto do seu miradouro, provavelmente acabado de acordar de uma sesta. Os gémeos iam-se divertindo a ver o leão marinho a nadar de um lado para o outro.


Terminado o gelado, fomos ver os cangurus e os ursos. Os ursos ainda estavam a dormir, mas acordaram, porque além do calor e a sua necessidade de tomar um banho refrescante, também se aproximava a hora do lanche deles. O príncipe mais novo também adorou os ursos. Não queria sair dali. Até pediu para os ir abraçar. Deu-lhes nomes e tudo: um era a mãe, outro o Afonso. Delirou quando viu um deles a entrar na água e banhar-se calmamente.
 
 
 

Quase a começar a apresentação do leão marinho, e o príncipe mais novo a barafustar, pois não queria abandonar os ursos. Enquanto o leão marinho esteve fora de água, lá o consegui manter quieto a ver a apresentação, depois entreguei-o ao pai e foram juntos ver de novo os ursos.
 

Mais macaquinhos, bambis, e... de novo a zebra...



Depois de dizermos ao príncipe mais novo para dizer adeus à zebra, ainda houve tempo para brincarem um pouco nos baloiços e no escorrega.