Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Criações dele #2#

26.07.12, Anita
São as primeiras experiências. Achei bem giras e originais.
Talvez um pouco mais de cor nas próximas.
Cá está o resultado final das suas bonecas.






Criações dele #1#

26.07.12, Anita
O meu marido tem andado a experimentar tintas, colas, pasta de papel, e o resultado tem sido positivo.
Aqui ainda em preparação, as novas bonecas:





Passeio diário do Spike #5#

26.07.12, Anita















O passeio do Spike é quase todos os dias igual. No entanto, consoante a estação do ano as cores mudam e os cheiros mudam.
Agora no Verão podemos ver cores um pouco diferentes, plantas diferentes, flores diferentes. Vêem-se muitas borboletas, que não são fáceis de fotografar.

Prontinho

26.07.12, Anita

O carro está pronto. Não foi a ventoinha, foi algo relacionado com o termostato...
Agora, tão cedo não pego no raça do carro.

O pior veio depois

26.07.12, Anita
8h47 saio de casa. Como o marido vem mais tarde e está tempo de chuva e trovoada, decidimos que hoje levaria o carro. Mas por que motivo eu tinha que levar o carro hoje??!! Há tantos dias que não levo o carro e tinha que ser hoje!!!
A caminho do trabalho, paro para deixar o lixo no ecoponto. Sigo viagem. Como a via rápida, no sentido de Braga está com condicionamento no trânsito, e vinham muitos carros, passando a estrada de duas faixas para uma só faixa de rodagem, ligo os 4 piscas. Mas o meu carrinho, decidiu também ele próprio ligar uma luz vermelha. Pensei: "ainda chego ao trabalho e depois logo se vê..." Claro, isto foi o que pensei, porque no segundo seguinte, já parada em fila, olho para a frente e fumo. Cada vez mais fumo, e a luzinha vermelha. Decidi encostar logo ali. Paro o carro, mais fumo.
Bem, que fazer? Saca do colete, e toca a ligar ao marido. Ele já estava em Viana, mas perguntou logo se eu queria que voltasse. Pensei: "uma hora à espera dele? E que vai ele arranjar?" Sim, porque o meu marido percebe tanto de mecânica como eu. Mas, ele sabe abrir o capô do carro, eu nem isso sei.... Ele diz-me para ligar para o reboque. Conversa puxa conversa, o que aconteceu, como foi, deitou água ou não, a luz apagou... Decidimos que ele ligaria ao mecânico e que se pudesse o mecânico iria ter comigo, senão chamaria o reboque. Entretanto, o meu marido liga-me de volta e diz-me que o mecânico irá ter comigo, mas tanto pode demorar, 10, como 15, como 30 minutos ou mais... Temo que tenham sido ou mais.
Ali fiquei eu, de colete laranja, junto à placa "Braga -3" e junto a um sinal "supressão da berma -750m", agradecendo por o carro ter decidido avariar ali e não mais 50m à frente, pois ali tinha espaço para encostar o carro. Num dia como o de hoje agradeci também por não estar a chover, nem trovejar e não estar um calor sufocante, como tem feito nos últimos dias. E esperei...
Quase do outro lado da estrada, estava também um carro avariado. Mas os carros tiraram o dia para isto?
Chegou o mecânico. A minha esperança era que fosse só falta de água mesmo, e iria à minha vidinha. Ele abriu o capô e viu que nem gota de água o carro tinha, o que achou muito estranho, porque o meu carro não é de perder água, isto claro até um dia, que foi hoje, e por azar quem o ia a conduzir era EU. Pôs água e a mesma desapareceu. Mas para onde não sabíamos, no chão não estava. Tornou a pôr e ficou ali a ver todos os pormenores. Problemas na ventoinha, foi o diagnóstico. O melhor será levar à oficina.
Parti. Olhei para o barómetro do carro do aquecimento e aquilo estava a subir. Andei 1,5kms talvez, e o mecânico que ia atrás no seu carro mandou-me encostar. O carro estava a perder água. Tinha mesmo que ir de reboque.
Ali fiquei, com vista de novo para a estrada, vesti de novo o colete, coloquei o triângulo e toca a ligar a chamar o reboque. Previsão: 30 a 40 minutos. Demorou menos.
Fiz a minha primeira viagem de reboque, até à oficina.
Agora estou à espera do resultado do dia. Será que terei o carro ainda hoje?

O dia não começou bem

26.07.12, Anita

Toca o despertador, abro um olho (sim um olho é mais que suficiente), mas há algo estranho: o despertador toca, mas está muito escuro, mais escuro que o habitual. Olho para as horas, pânico: pânico porque não sei se devo dormir ou correr pela casa fora a gritar como se houvesse fogo, mas na realidade para alertar o resto dos residentes que adormecemos. Olho melhor e tenho a certeza da hora: 00:05!!! Não é de dia, mas a noite também é mais escura... Que raio de horas serão? Vou à casa-de-banho, são 6h 7min... ufa!!! Menos mal, mas porque motivo o despertador tocou? Pois, com a trovoada que ecoa lá fora, deve ter faltado a luz.
Bem antes que adormeça a sério, vamos mas é fazer alguma coisinha.
Assim começou o meu dia, meio em pânico, ao som da chuva e da trovoada.