Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Não me canso disto

Uma nova porta para o mundo...O meu MUNDO.

Cansada

22.07.12, Anita



Hoje não senti coragem para nada. Sono e mais sono. O dia de ontem deixou-me de rastos. Ainda tentei ver o filme dos Smurfs com os príncipes, mas dormi no chão da sala uma bela soneca. Quando terminou o filme, deitei-me no sofá, e mais uma soneca...
Sinto o meu corpo cansado e o calor que se faz sentir também não ajuda.
Melhores dias virão... espero!

Na barragem

22.07.12, Anita






Tem estado calor; e, calor pede água. Por isso, ontem fomos para a barragem da Caniçada, no Gerês.
Antes parámos para um pequeno pique-nique.
A água na barragem estava óptima, mas mesmo boa. Os príncipes mais velhos andaram sempre na água. As únicas ondas que apanhavam era dos barcos que iam passando. Só temos que ter cuidado, para não se afastarem muito para dentro da água, porque afunda rapidamente.
Divertiram-se imenso e por isso adormeceram todos no caminho para casa. Acho que até eu fechei a pestana.
 

Santoinho

22.07.12, Anita




Passados 17 anos voltei ao Santoinho. Foi lá que conheci o meu marido. Ontem voltámos. O ambiente é bem diferente da festa de estudantes.
Filas para tudo. Fila para entrar, fila para a sardinha, fila para a carne, fila para o caldo verde... Mesas há muitas, por isso, há lugar sentado para todos. Música, animação popular. O espaço ideal para quem goste do estilo, ou para quem beba uns copinhos a mais; sim, porque vinho é coisa que não falta.
Como fomos com o príncipe mais velho tratei de arranjar água. O único vinho que bebi foi por engano. Peguei no meu copo, e toca a beber. Estava a pensar que era água, mas o meu marido tinha posto vinho branco. Á segunda golada é que lhe senti o sabor. Ainda provei o champarreão, mas não me fez freguesa.
As sardinhas tenho a dizer que estavam óptimas, valeram bem o tempo nas filas . Fartei-me de comer sardinhas. O príncipe mais velho mal deu a primeira trinca numa sardinha, engasgou-se logo com uma espinha. Ele esperou pela carne, eu ataquei as sardinhas dele e na carne nem toquei. A broa também vale a pena.
Não me aguentei até à meia-noite, para ver o fogo de artifício. Estava de rastos.